jueves, 29 de octubre de 2009

As novas tecnologias e as crianças

Eu acho que uma infância sem livros nao é uma infância. Os meus pais nao tiveram que ensinarme muitos valores: eu aprendi-os com os clássicos e as bandas dessenhadas: Eu sempre foi o rapaz que queria ser Tintin. Mas agora os livros nao parecem importantes para a sociedade se nao sao os best-sellers. E também é importante dizer que aas pessoas agora acumulam música e filmes digitais. Eles descargam as discografias completas dum grupo ou a filmografia dum director em cinco minutos. É seguro que eles nao terao nunca o tempo de ver ou escutar tudo.

2 comentarios:

Pulpito dijo...

Muy, muy pero que muy cierto, querido lusitano mío.

Neza dijo...

...

eso